sexta-feira, março 11

Embaixador diz que não há informações de brasileiros entre as vítimas no Japão

Segundo Marcos Galvão, embaixador do Brasil no Japão, há no país cerca de 254 mil brasileiros, mas até o momento não houve registro de feridos ou mortos. Ainda segundo Galvão, a maioria vive em Tóquio, região que não foi tão atingida pelo tremor. A parte mais afetada, norte do país, concentra cerca de 10 mil brasileiros.

Apesar de ter sofrido menos com o terremoto de 8,9 de magnitude, Galvão afirmou que a capital estava até o início da noite sem sistema de telefonia móvel, os transportes públicos não funcionavam e havia incêndios em instalações de gás.

"Até o momento não há informações de brasileiros entre as vítimas. O próprio governo local ainda está buscando informações sobre o episódio. O primeiro-ministro japonês já foi a rede de televisão pedir tranquilidade as pessoas", revelou.

O Japão é um dos países mais preparados para terremotos, que são frequentes. Mesmo assim, o tremor desta sexta-feira foi o maior em 140 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário