sábado, março 10




GÊNESIS 21.22-34
Abraão e Abimeleque
Sociedade Bíblica do Brasil
Por esse tempo Abimeleque foi conversar com Abraão. Ficol, comandante do seu exército, foi com ele. Abimeleque disse a Abraão: — Deus está com você em tudo o que você faz. Portanto, aqui neste lugar, jure por Deus que não vai enganar nem a mim, nem aos meus filhos, nem aos meus descendentes. Eu tenho sido sincero com você; por isso prometa que será sincero comigo e fiel a esta terra em que está morando. — Eu juro — disse Abraão. Abraão fez uma reclamação a Abimeleque por causa de um poço que os empregados de Abimeleque haviam tomado à força. Abimeleque explicou: — Não sei quem fez isso. Você nunca me falou nada, e esta é a primeira vez que estou ouvindo falar desse assunto. Aí Abraão pegou algumas ovelhas e alg uns bois e deu a Abimeleque, e os dois fizeram um trato. Abraão separou sete ovelhinhas do seu rebanho, e Abimeleque perguntou: — Por que você separou estas sete ovelhinhas? Abraão respondeu: — Elas são um presente para você. Ao receber estas sete ovelhinhas, você estará concordando que fui eu quem cavou este poço. Por isso aquele lugar ficou sendo chamado de Berseba, pois ali os dois fizeram um juramento. Depois de fazerem esse trato em Berseba, Abimeleque e Ficol voltaram para a Filisteia. Abraão plantou uma árvore em Berseba e ali adorou o SENHOR, o Deus Eterno. E Abraão ficou morando muito tempo na Filisteia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário